Segunda, 26 de Julho de 2021 02:25
(63) 9 9271-2341
Saúde Tocantins

Saiba qual foi a cidade do Tocantins que mais aplicou doses vencidas de vacina

Mais de 16% das doses aplicadas estavam vencidas.

02/07/2021 19h49
2.029
Por: Redação Fonte: Af Noticias
Aparecida do Rio Negro é um dos portais de entrada para o Jalapão / Foto: Folha do Jalapão
Aparecida do Rio Negro é um dos portais de entrada para o Jalapão / Foto: Folha do Jalapão

O pequeno município tocantinense de Aparecida do Rio Negro, na região central do estado, foi o que mais aplicou doses vencidas da vacina contra a covid-19 fabricada pela AstraZeneca. 313 no total.

O município de apenas 4.848 habitantes, segundo o IBGE, é administrado pelo prefeito Suzano Lino Marques (MDB). A secretária municipal de Saúde é Sebastiana Luzia.

A cidade fica localizada a 65 quilômetros da capital, Palmas, e tem uma economia voltada para o agronegócio e agricultura familiar. O município foi emancipado em 1989 e possui 33 anos de história. A cidade é um dos portais de entrada para o principal ponto turístico do Tocantins: o Jalapão.

Até esta sexta-feira (2/7), Aparecida do Rio Negro havia recebido 2.412 doses de vacinas. Destas, foram aplicadas 1.886 (78.19%). O total de doses vencidas (313) corresponde a 16,5% das aplicações.

Neste caso, todos os moradores que receberam a vacina vencida devem procurar o posto de saúde e apresentar a carteira de vacinação para registro do erro vacinal. Na prática, é como se a pessoa não tivesse sido imunizada.

 De acordo com o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, quem tomou o imunizante vencido precisa se revacinar. A nova dose precisa ser aplicada, pelo menos, 28 dias depois de ter recebido a dose administrada fora do prazo de validade. 

Além de Aparecida do Rio Negro, as outras cidades que mais aplicaram doses vencidas são Miracema (59), Jaú do Tocantins (39), Mateiros (26), Palmas (39), Pequizeiro (11), São Félix (11), e Araguaína (10).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias