Sexta, 17 de Setembro de 2021 22:20
(63) 9 9271-2341
Dólar comercial R$ 5,29 0%
Euro R$ 6,2 0%
Peso Argentino R$ 0,05 -0.092%
Bitcoin R$ 266.607,27 +2.269%
Bovespa 111.439,37 pontos -2.07%
Economia Tocantins

Governo pode liberar vale-gás para cidadãos de todo o país

31/07/2021 12h14
1.604
Por: Redação Fonte: voz do bico
Governo estuda a criação de um benefício federal para custear a compra do gás de cozinha de famílias de baixa renda. – Foto: Reprodução/ Internet
Governo estuda a criação de um benefício federal para custear a compra do gás de cozinha de famílias de baixa renda. – Foto: Reprodução/ Internet

BRASIL – Cidadãos de baixa renda de todo o Brasil podem receber em breve um benefício muito importante, especialmente durante a pandemia. A liberação do vale-gás está em fase de estudos por parte do governo federal, que planeja conceder um ticket mensal para custear o gás de cozinha de famílias vulneráveis.

Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, a proposta ainda está em fase de análise. O objetivo é utilizar o novo benefício para conter a queda na popularidade do presidente Jair Bolsonaro, que vai concorrer à reeleição em 2022.

O projeto também pode evitar uma intervenção do Ministério da Economia do preço do item, que aumentou significativamente durante a crise sanitária.

A publicação ainda afirma que o ministro da Economia, Paulo Guedes, aprova a ideia, que não foi confirmada oficialmente por nenhum membro do governo. Também não há detalhes sobre o valor do programa ou critérios para receber o vale-gás.

Nos bastidores, fala-se sobre a inclusão do benefício como um bônus no novo Bolsa Família, ainda está em fase de reformulação. A previsão é de que as novas regras do programa comecem a valer após o fim dos pagamentos do auxílio emergencial.

Vale-gás estadual

Em São Paulo, o governador João Dória (PSDB) criou um programa para liberar três vales-gás bimestrais no valor de R$ 100 para famílias de baixa renda do estado. Os pagamentos começaram na semana passada e terminam no fim do ano.

Governos de outros estados brasileiros também estudam ou já adotaram medidas semelhantes, como o Rio de Janeiro e o Ceará.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias