> AUGUSTINÓPOLIS : Guilherme Henrique é aprovado em testes feito em Palmas

AUGUSTINÓPOLIS : Guilherme Henrique é aprovado em testes feito em Palmas



 Guilherme Henrique chega a Capital e precisou de apenas uma hora de treino para ganhar os elogios do exigente Professor Tarcísio do renomado Projeto Arne 64, lembrando que o Projeto da Arne 64 hoje é a base de acesso para o Palmas Futebol e Regatas que disputará o Estadual Sub 17 ainda este mês de novembro.

A avaliação positiva não foi apenas pelos 4 gols marcados, segundo o Professor, o principal fator foi a qualidade técnica aliada ao bom fundamento, facilidade de assimilar e adequar ao sistema de jogo no momento em que é solicitado, o que resultou em sua aprovação logo de cara para dar seus primeiros passos rumo a realização de um sonho.

Ao final do coletivo Guilherme Henrique se lamentou mesmo por uma bola que não entrou, após uma antecipação e uma grande jogada veio a tentativa de um gol por cobertura que a bola caprichosamente beliscou o travessão se perdeu na linha de fundo.
Após uma longa viagem de Augustinópolis Norte do Estado até a Capital para essa avaliação, sua aprovação passou a ser apenas um detalhe para quem tem uma grande intimidade com a bola, uma vez aprovado, o dilema que antes era a falta de oportunidade, agora passa a ser, o que fazer quando a tão sonhada oportunidade chega.

Para se integrar às categorias de base do Projeto Arne 64 e já buscar espaço para jogar os próximos campeonatos o jovem craque precisará de alojamento e alimentação até que consiga se firmar definitivamente no futebol da Capital, tendo em vista que a família que mora em Augustinópolis não dispõe de recursos financeiros para arcar com as despesas de imediato, seria a hora de algo novo acontecer e que os amantes do futebol viessem a contribuir com o jovem craque podendo proporcionar a ele mais um passo importante em busca de seu objetivo.

Guilherme Henrique é um jovem craque que acaba de conquistar sua primeira oportunidade de fazer o que mais gosta e agora busca apoio para ficar e jogar na Capital.  


Postar um comentário

0 Comentários