Um dos pontos importantes da publicação, é a confirmação da existência de um grupo dentro da Prefeitura Municipal, pago pelo erário público e coordenado diretamente pelo marqueteiro da Prefeitura, que trabalha diariamente para atacar adversários políticos, jornalistas, delegados federais, promotores e magistrados.  
“Senti o tom intimidatório, especialmente sendo repetida de forma velada por seu exército de fakes, que, na sua grande maioria, são servidores do município, que trabalham de fachada, mas que, na realidade, passam o dia preparando posts e maquinando inverdades contra adversários políticos, jornalistas que por ventura falem mal da gestão Amastha, delegados federais que investigarem qualquer ato suspeito de corrupção, promotores e magistrados”, disse Auri na entrevista. Ele ainda completou, “Eles atacam a honra e tentam denegrir de todas as formas a reputação dessas pessoas. Esses servidores têm força no governo municipal. Um exército bem articulado e perigoso, que age sempre em bando, distorcendo informações acobertados pelo anonimato. São sempre bem municiados com os argumentos do marqueteiro de Amastha, que todos nós sabemos quem é”.  
http://www.folhadobico.com.br/